fetch
Igreja Batista Redenção | SermonAudio.com
Sign in or signup


5,596 active users!!Bandwidth
THURSDAY
SEP 29, 2016
Home
NewsSITE
Events & Blogs
New Audio & Video
BroadcastersNew Stuff!
Local Church Finder
Live Webcasts
Sermons by Bible
Sermons by Topic
Sermons by Speaker
Sermons by Date
Staff Picks
CommentsALL -7 min
Top Sermons
VideosPDFs
Daily Log
PhotosNew Stuff!
StoresNew Stuff!
Online Bible
Hymnal
Daily Reading
Our Services
Submit Sermon
Members Only

Podcast + Codes
•  Apple iTunes | Video
Sermon Browser Info | Demo
Newest Widget | Demo
Newest Player | Info
Our Picks | Info | Demo
Live Webcast | Info | Legacy
Latest Blog | Info | Demo
Church Apps | Info
Find our Church App in the App Store
directly on your device.
Mobile Apps | Info
Enjoy sermons from this broadcaster
on a variety of mobile devices.
MyChurch: igrejaredencao
Igreja Batista Redenção
Pastores da IBR  |  São Paulo, Brazil
Email Us!Our Website
Our Blog
Post+
Search
  
Filter By

Salmo 141 - Como Agir Longe de Casa
THURSDAY, SEPTEMBER 29, 2016
Posted by: Igreja Batista Redenção | more..

O Salmo 141, um “salmo de Davi” , é o oposto dessa atitude esquizofrênica de pessoas que atualmente se dizem crentes. Foi escrito em dias em que o salmista estava fugindo de inimigos poderosos com cargos de liderança nacional (v.6), cuja perseguição era ardilosa e determinada (v.9), razão pela qual Davi clamava e dependia inteiramente de Deus para sobreviver (v.1). Esse é justamente o quadro da fuga de Davi diante de Saul e dos seus assessores mentirosos e astutos. Durante todo o tempo de fuga, em que Davi ficou longe de casa, da família, do tabernáculo e do culto a Deus, ele conviveu com seiscentos soldados a seu serviço (1Sm 23.13; 30.9), homens renegados de Israel assim como ele, e com pessoas de outras nações, como os filisteus de Gate e seu rei, Aquis (1Sm 21.10; 27.2-6). Diante dessa realidade, havia um risco muito grande de Davi abandonar sua devoção a Deus, juntar-se a homens maus, seguir o conselho perverso de pessoas que ignoravam o Senhor, habituar-se aos costumes e à adoração de outros povos e se sentir desimpedido para fazer todas as coisas que nunca faria se estivesse em seu lugar de origem. Assim, esse é um salmo que ensina pelo menosquatro cuidados que deve ter o servo que Deus que está próximo do mundo e longe de casa e do seu povo eclesiástico.

O primeiro cuidado do servo de Deus que está longe de casa e da sua igreja é manter as atividades cultuais(vv.1,2). Estar longe do seu lugar costumeiro de culto frequentemente faz com que as pessoas percam o ânimo de dar sequência aos seus hábitos de adoração. No caso de Davi era pior, pois sua situação adversa lhe fornecia uma desculpa bem convincente para cessar toda atividade cultual. Longe de agir assim, ele permanece em oração a Deus (v.1): “A ti eu clamo, ó Senhor: ‘Apressa-te [a vir] a mim. Dá ouvidos à minha voz quando clamo a ti” (yhwh qera’tîka hûshâ lî ha’azînâ qôlî beqor’î-lak). Em situações de crise, algumas pessoas dizem: “Não estou com cabeça para orar”. Davi fez o oposto e a situação de crise o levou a orar mais ainda, clamando pela intervenção de Deus em seu socorro.

Entretanto, outras atividades, como oferecer sacrifícios e queimar incenso no tabernáculo, ficaram impedidas pela distância. O incenso era oferecido diariamente a Deus: “Arão queimará sobre ele o incenso aromático; cada manhã, quando preparar as lâmpadas, o queimará. Quando, ao crepúsculo da tarde, acender as lâmpadas, o queimará; será incenso contínuo perante o Senhor, pelas vossas gerações (Êx 30.7,8). Para suprir essa ausência, Davi eleva a Deus sua oração em lugar do incenso, demonstrando sua preocupação de servir ao Senhor e cumprir seus deveres perante ele (v.2a): “Que a minha oração seja um incenso posto diante de ti” (tikkôn tefillatî qetoret lefaneyka). Quanto aos sacrifícios diários, uma das orientações bíblicas era sobre o sacrifício do entardecer: “O outro cordeiro oferecerás ao pôr-do-sol, como oferta de manjares, e a libação como de manhã, de aroma agradável, oferta queimada ao Senhor” (Êx 29.41). Na impossibilidade de executar tal ato, ele oferece sacrifícios de louvor (v.2b): “Que o levantar das minhas mãos seja uma oferta do entardecer” (mas’at kaffay minhat-‘arev). O interesse e busca por Deus não foi interrompido pela distância de casa.

O segundo cuidado é manter a santidade de vida (vv.3-5). Davi também não queria se desviar dos ensinos do Senhor para sua vida, pecando com palavras, atitudes ou ações. Sua primeira preocupação é com respeito à conversação, provavelmente sabendo que os maus hábitos nascem de conversas inapropriadas (1Co 15.33), pelo que pede a Deus (v.3): “Ó Senhor, ponha uma sentinela em minha boca. Guarda a porta dos meus lábios” (shîtâ yhwh shomrâ lefî nisterâ ‘al-dal sefatay). Essa foi uma decisão sábia, pois o primeiro sinal do desvio de quem se aproxima demais do mundo é seu modo de falar, o qual não apenas revela o afastamento, como também torna o coração do servo de Deus cada vez mais acostumado com a podridão mundana. Mas a boca não era a única preocupação de Davi.

Ele também se preocupava com os afetos do seu coração e com as ações que viriam do apego ao mal (v.4a): “Não deixa que meu coração se incline para as coisas más, para a prática de perversões [junto] com os ímpios, os homens que praticam a iniquidade” (’al-tat-livvî ledavar ra‘ lehit‘ôlel ‘alilôt beresha‘ ’et-’îshîm po‘alê-’awen). Essa é uma preocupação dupla, pois ele atenta para os atos de pecado e, também, para a companhia nociva dos pecadores. Na verdade, ele toma a decisão de não se unir aos homens maus nem nos momentos de descontração e alegria (v.4b): “Eu não comerei dos manjares deles” (ûbal-’elham beman‘ammêhem). Ele poderia dizer que os homens maus eram seus únicos amigos no momento, mas não o fez. Na verdade, ele preferia uma dura repreensão de homens justos a receber a adulação e a hospitalidade dos pecadores (v.5): “Que o justo me repreenda [com] amor e me admoeste, mas o azeite do ímpio não ungirá a minha cabeça, pois minha oração continuará sendo contra sua perversidade” (yehelmenî-tsaddîq hesed weyôkîhenî shemen rasha‘ ’al-yanî ro’shî kî-‘ôd ûtefillatî bera‘ôtêhem). Para Davi, não é verdade que “a ocasião faz o ladrão”. Sua separação do mundo era uma busca a ser impetrada em qualquer situação.

O terceiro cuidado é manter a pregação da justiça (vv.6,7). Samuel ungiu Davi rei de Israel e lhe informou que um dia ele seria elevado ao trono (1Sm 16.12,13). Entretanto, seus futuros súditos ainda seguiam um rei mau e se desviavam com ele. O salmista poderia pensar, dadas as circunstâncias, em assumir um discurso conciliador, “politicamente correto”, a fim de agradar quem agora reprovava seu estilo de vida. Mas ele não fez isso, pois sabia que quando Deus abatesse o rei Saul e seus assessores, a pregação da justiça seria ouvida pela nação (v.6): “Seus líderes serão lançados [abaixo] da beirada do precipício e, assim, eles ouvirão as minhas palavras que são formosas” (nishmetû bîdê-sela‘ shofetêhem weshom‘û ’amaray kî na‘emû) — o trecho “eles ouvirão” deve se referir ao povo e não aos líderes precipitados morro abaixo. Essa persistência em pregar a justiça de Deus e um modo de vida agradável a ele traria benefícios inúmeros a Israel. O contrário disso seria sentido pelos líderes maus quando fossem abatidos por Deus (v.7): “[Eles dirão:] ‘Assim como se abrem valas na terra, nossos ossos ficaram espalhados na boca da sepultura’” (kemô poleah ûboqea‘ ba’arets nifzerû ‘atsamênû lefî she’ôl).

O último cuidado do servo que está muito próximo do mundo é manter a dependência cautelosa (vv.8-10). Um ditado popular diz: “Quem brinca com fogo, sai queimado”. A proximidade do mundo produz o mesmo perigo, pelo que Davi, impossibilitado de se afastar geograficamente dos ímpios, mantém sua cautela e sua oração a Deus por proteção (v.8): “Pois em ti estão os meus olhos, ó Senhor, Senhor meu. Eu me refugio em ti. Não me deixe ficar desprotegido” (kî ’eleyka yhwh ’adonay ‘ênay bekâ hasîtî ’al-te‘ar nafshî). Houve até ocasiões em que o risco do mundo “aparentemente” se dissipou (1Sm 26.21), entretanto, mesmo nessas ocasiões, Davi identificou as armadilhas ardilosas e continuou sua fuga do mal (1Sm 26.25b) em dependência de Deus (v.9): “Protege-me do laço que armaram para mim e da armadilha dos que praticam a iniquidade” (shomrenî mîdê pah yoqshû lî ûmoqshût po‘alê ’awen). No final das contas, o cuidado do salmista sob a orientação das palavras do Senhor o pôs a salvo, enquanto seus inimigos pereceram conforme foi previsto por Davi em sua oração (v.10): “Que os ímpios sem exceção caiam nas suas [próprias] redes enquanto eu escapo” (yiffelû bemakmorayw resha‘îm yahad ’anokî ‘ad-’e‘evôr).

Poucos de nós têm de fugir de assassinos perversos. Porém, temos de conviver com pessoas que não temem a Deus no trabalho, na escola, na vizinhança, nos momentos de lazer e, muitas vezes, até na própria família. Em todas essas ocasiões temos nossa fé questionada e menosprezada enquanto convites à maldade nos são feitos como alternativa ao temor do Senhor. Bom seria se pudéssemos conviver com nossos irmãos em todo o tempo, pois, assim, seríamos edificados e exortados constantemente. Como isso não é sempre possível, devemos seguir o exemplo de Davi e manter nossa identidade cristã, a devoção ao nosso Deus, as atividades diárias de culto e adoração, a santidade e o testemunho de vida e a pregação da verdade. Isso será uma medida infalível para que mantenhamos nossos dois pés na igreja e na presença do Senhor.

Pr. Thomas Tronco

Category:  Reflexões diárias

permalink | post new | clone this | rss feed | blog top »
Text feature this blog entry

     PAST BLOG ENTRIES     

Salmo 140 - O Aprimoramento que Começa na Tribulação
WEDNESDAY, SEPTEMBER 28, 2016
Posted by: Igreja Batista Redenção | more..
Davi sofreu várias perseguições injustas, principalmente nos dias de Saul, nos quais os assessores reais faziam intrigas contra o salmista e acirravam o ódio do rei contra ele. Por isso, certa vez, Davi questionou Saul:...
[ abbreviated | read entire ]
permalink | post new | clone this | rss feed | blog top »


Salmo 139 - O Deus que não Conhece Limites
TUESDAY, SEPTEMBER 27, 2016
Posted by: Igreja Batista Redenção | more..
Davi, o escritor do Salmo 139, escreveu o salmo quando era perseguido injustamente por inimigos ferozes (vv.19,20), razão pela qual nos parece que Davi estava em fuga, buscando lugares distantes para se esconder (cf. vv.7-10). Diante da...
[ abbreviated | read entire ]
permalink | post new | clone this | rss feed | blog top »


Salmo 138 - Proteção Contra Tudo e Contra Todos
MONDAY, SEPTEMBER 26, 2016
Posted by: Igreja Batista Redenção | more..
O Salmo 138 é um salmo “de Davi” (ledawid), iniciando uma seção de salmos da mesma autoria que vai do 138 até o145. Sobre a designação “de Davi” no salmo em questão,...
[ abbreviated | read entire ]
permalink | post new | clone this | rss feed | blog top »


Salmo 137 - Resistindo às Pressões do Mundo
SUNDAY, SEPTEMBER 25, 2016
Posted by: Igreja Batista Redenção | more..
O Salmo 137 mostra que o povo de Israel foi submetido a uma situação de muita pressão externa quando estava exilado de suas terras. Cativos na Babilônia (v.1), eles foram tentados a esquecer e desprezar sua pátria...
[ abbreviated | read entire ]
permalink | post new | clone this | rss feed | blog top »


Salmo 136 - Razões para Ser Grato a Deus
SATURDAY, SEPTEMBER 24, 2016
Posted by: Igreja Batista Redenção | more..
O escritor do Salmo 136 encontrou uma maneira de evidenciar sua gratidão a Deus de um modo bastante enfático. O seu chamado ao povo, no início dos três primeiros versículos, é “rendei graças ao...
[ abbreviated | read entire ]
permalink | post new | clone this | rss feed | blog top »


Salmo 135 - A Íntima Relação entre a Memória e o Louvor
FRIDAY, SEPTEMBER 23, 2016
Posted by: Igreja Batista Redenção | more..
O Salmo 135 compartilha a lição de que não são os servos que recebem a devida honra, mas o Senhor. Trata-se de um salmo provavelmente composto para uma das grandes festas judaicas no Templo, já que conclama os...
[ abbreviated | read entire ]
permalink | post new | clone this | rss feed | blog top »


Salmo 134 - A Bendição do Servo e a Bênção de Deus
THURSDAY, SEPTEMBER 22, 2016
Posted by: Igreja Batista Redenção | more..
O ato de demonstrar gratidão pelas grandezas divinas ou de clamar por alguém pelas bênçãos do Senhor se chama “bendizer”. A palavra hebraica para tal ação é barak, a mesma usada...
[ abbreviated | read entire ]
permalink | post new | clone this | rss feed | blog top »


Salmo 133 - A Maravilhosa União dos Irmãos
WEDNESDAY, SEPTEMBER 21, 2016
Posted by: Igreja Batista Redenção | more..
Como “cântico de romagem” (shîr hamma‘alôt), é fácil entender porque os peregrinos cantavam esse hino enquanto adoravam a Deus em união, como o povo esperançoso da promessa. Outra...
[ abbreviated | read entire ]
permalink | post new | clone this | rss feed | blog top »


Salmo 132 - A Durabilidade da Promessa de Deus
MONDAY, SEPTEMBER 19, 2016
Posted by: Igreja Batista Redenção | more..
O Salmo 132 apresenta Deus com o caráter oposto ao da maioria dos homens: ele não é desonesto e sua palavra não perde o valor com o passar do tempo. Esse salmo é um“cântico de romagem”...
[ abbreviated | read entire ]
permalink | post new | clone this | rss feed | blog top »


Salmo 131 - Igual a uma Criança de Colo
SUNDAY, SEPTEMBER 18, 2016
Posted by: Igreja Batista Redenção | more..
Em 1886, a New England Society realizou um jantar em Nova York. Entre os palestrantes estava Henry Woodfin Grady (1850-1889), da equipe do jornal Atlanta Constitution e testemunha ocular de uma das mais ferozes batalhas da guerra civil americana...
[ abbreviated | read entire ]
permalink | post new | clone this | rss feed | blog top »

· Page 1 ·  Found: 805 entries · Jump:  [1] 2 3 4 5 6 7 8 9 10 more



E. A. Johnston
A Tour Of Hell

Luke 16:23
Teaching
Evangelism Awakening
Play! | MP3 | RSS


Ken Wimer
A Great Gulf Fixed

Gospel According to Luke
Shreveport Grace Church
Transcript!Play! | MP4

Don Green
Secure in Our God

Truth Community Church
Midweek Service
Transcript!Play! | MP3

Shawn Reynolds
Is He Your One Desire?

Grace Particular Baptist
Sunday Service
Transcript!Play! | MP3

Sponsor:
Doctrines of Grace Oct 7-9 2016

Ian Ham­ilt­on, Tom Nettl­es, curt Daniel Speak­ers
www.faithbibleonline.net/ev..

Sponsor: Breaking News: Hillary Health Shocker!
www.puritandownloads.com/71..

SPONSOR | 5,600+

SPONSOR




                   
When filled with holy truth the mind rests. ... C. H. Spurgeon

Gospel of John
Cities | Local | Personal


MOBILE
iPhone + iPad
Church App
Android New!
Church App
Kindle + Nook
Chromecast TV
Apple TV New!
ROKU TV
Amazon Fire TV
Apple Watch
Android Wear
Kindle Reader


HELP
Knowledgebase
Broadcasters
Listeners
Q&A
Uploading Sermons
Uploading Videos
Webcasting
Tips & Tricks
YouTube Screencasts

FOLLOW
Weekly Newsletter
Staff Picks Feed
Site Notices
RSS | Twitter | Facebook
SERVICES | ALL
Local Church Finder | Info
MP3 Play & Download
Mobile Apps
Podcasting
Video Support
Live Webcasting
Transcription
PowerClips
Business Cards
SOLO | MINI | Domain
Favorites | QR Codes
Online Donations
24x7 Radio Stream
INTEGRATION
Sermon Browser
HTML Codes
WordPress
Twitter
Facebook
Logos | e-Sword | BW
JSON API New!

BATCH
Transfer Agent
Protected Podcasts
Upload via Email
Auto-Upload Sermons
Auto-Blog Import
Picasa | FTP | Dropbox
ABOUT US
The largest and most trusted library of audio sermons from conservative churches and ministries worldwide.

Our Services | Articles of Faith
Broadcast With Us
Advertising | Local Ads
CONTACT
info@sermonaudio.com
Support Us | Feedback Fridays New!