fetch
Igreja Batista Redenção | SermonAudio.com
Sign in or signup


5,405 active users!!Bandwidth
MONDAY
JUL 25, 2016
Home
NewsSITE
Events & Blogs
New Audio & Video
BroadcastersNew Stuff!
Local Church Finder
Live Webcasts
Sermons by Bible
Sermons by Topic
Sermons by Speaker
Sermons by Date
Staff Picks
CommentsALL -7 min
Top Sermons
VideosPDFs
Daily Log
PhotosNew Stuff!
Stores
Online Bible
Hymnal
Daily Reading
Our Services
Submit Sermon
Members Only

Podcast + Codes
•  Apple iTunes | Video
Sermon Browser Info | Demo
Newest Widget | Demo
Newest Player | Info
Our Picks | Info | Demo
Live Webcast | Info | Legacy
Latest Blog | Info | Demo
Church Apps | Info
Find our Church App in the App Store
directly on your device.
Mobile Apps | Info
Enjoy sermons from this broadcaster
on a variety of mobile devices.
MyChurch: igrejaredencao
Igreja Batista Redenção
Pastores da IBR  |  São Paulo, Brazil
Email Us!Our Website
Our Blog
Post+
Search
  
Filter By

Salmo 85 - Os Benefícios do Perdão de Deus
MONDAY, JULY 25, 2016
Posted by: Igreja Batista Redenção | more..

O Salmo 85, escrito pelos filhos de Corá, foi composto em meio a uma possível opressão nacional por povos inimigos, mas certamente em meio a uma terrível seca. Os males, quaisquer que sejam, que recaíram sobre o povo de Israel são interpretados pelo salmista como consequência de pecados do próprio povo, de modo que deveriam buscar o perdão de Deus. Nesse sentido, o salmista dá o exemplo a fim de que seus irmãos façam o mesmo (v.4). Olhando para a situação de Israel nesse salmo, é possível notar que perdão de Deus é uma bênção fantástica pela qual seus servos devem sempre agradecer. Entretanto, o perdão em si não é o único benefício do arrependimento de pecados. Quando o servo de Deus é perdoado pelo misericordioso Senhor Todo-poderoso, outros benefícios são promovidos e aparecem nesse salmo. Assim, o texto é tanto uma lição sobre a remissão divina como um inigualável encorajamento para o arrependimento verdadeiro e um coração contrito.

O primeiro dos benefícios do perdão de Deus é a percepção da misericórdia no passado (vv.1-3). O salmista se lança ao rogo pelo perdão presente depois de recordar o perdão passado. Nada como uma situação desfavorável para se lembrar de como é bom andar com Deus e ser beneficiário da sua obra redentora. Por isso, com a visão aclarada pelas consequências do pecado, o salmista diz (v.2): “Tu perdoaste a culpa do teu povo, encobriste todos os seus pecados” (nasa’ta ‘aôn ‘ammeka kissîta kol-hatta’tam). Ele diz isso em referência a uma restauração passada de Israel que envolveu o retorno de israelitas capturados pelo inimigo (v.1): “Favoreceste a tua terra, ó Senhor, restauraste os cativos de Jacó” (ratsîta yhwh ’artseka shavta shevût ya‘aqov). Há aqui uma demonstração de conhecimento teológico, pois o escritor associa corretamente a disciplina de Israel com a ira de Deus contra o pecado e, por isso, em meio ao seu clamor está presente a nítida lembrança de que a restauração passada somente se deu pela apaziguação do Deus santo (v.3): “Fizeste cessar toda a tua indignação, reprimiste o furor da tua ira” (’asafta kol-‘evrateka heshîvôta meharôn ’affeka). Nesse caso, a percepção da misericórdia de Deus na história de Israel foi uma bênção indizível para o povo arrependido, trazendo-lhe a correta direção por meio da contrição e, também, a esperança de ser perdoado e restaurado.

O segundo benefício é a validação do verdadeiro arrependimento (vv.4-7). É fato que um arrependimento apenas social – aquele a que nos referimos como “da boca para fora” – não tem validade alguma diante do Deus onisciente que sonda os corações dos homens. Entretanto, o verdadeiro arrependimento encontra no Senhor uma disposição graciosa de perdoar. Por isso, o salmista, pedindo perdão, associa esse ato à restauração que vem de Deus (v.4): “Restaura-nos, ó Deus da nossa salvação, e cancela a tua irritação conosco” (shûvenû ’elohê yish‘enû wehafer ka‘aska ‘immanû). A pergunta do v.5 é retórica, visto que Deus se prontificou, na aliança mosaica, a retribuir a confissão de pecados com o desvio da sua ira e com a renovação das bênçãos (Lv 26.40-45). Por isso, seguindo esse recurso literário, ele completa (v.6): “Tu não voltarás a vivificar-nos para que o teu povo se alegre em ti?” (halo’-’attah tashûv tehayyenû we‘ammeka yismehû-bak). Tendo colocado desse modo, o salmista deixa o estilo rebuscado e faz um pedido claro que condiz com sua mais pura intenção, sabendo que será atendido pela misericórdia e fidelidade de Deus (v.7): “Manifesta a nós o teu amor e conceda-nos a tua salvação” (har’enû yehwâ hasdeka weyesh‘aka titen-lanû).

O terceiro é a comunhão plena com o Senhor (vv.8-10). Nesse três versículos, há um grande acúmulo de substantivos que expressam atuações de Deus entre seu povo quando há uma boa manutenção do relacionamento, ou seja, quando há comunhão entre Deus e seus servos. O primeiro desses benefícios é a “paz” (v.8): “Eu ouvirei o que falar Deus, o Senhor, pois falará de paz ao seu povo” (’shme‘â mah-yedavver ha’el yhwh kî yedavver shalôm ’el-‘ammô). Em seguida, o salmista alista a “salvação” e a “glória” de Deus no meio do povo, seja atuando gloriosamente, seja sendo glorificado pelos seus (v.9): “Certamente, a salvação está próxima dos que o temem para habitar a glória em nossa terra” (’ak qarôv lîre’ayw yish‘ô lîshkon kavôd be’artsenû). Por fim, surge a menção ao “amor” de onde provêm a lealdade, a “fidelidade”, a “justiça” e novamente a “paz”, todos eles benefícios da restauração da comunhão com Deus (v.10): “Amor leal efidelidade se encontraram, justiça e paz se beijaram” (hesed-we’emet nifgashû tsedeq weshalôm nashaqû). A figura das qualidades positivas do caráter de Deus e da obediência do homem “se encontrando” e “se beijando” aponta para uma restauração plena tanto da submissão humana como da comunhão divina, obviamente, por meio do perdão.

O último benefício é o desfrute de bênçãos vindas de Deus (vv.11-13). A transição da ideia anterior com o final do salmo é muito interessante. O salmista, lançando mão das qualidades advindas da comunhão, mescla-as ao efeito físico que terão na agricultura de Israel (v.11): “A fidelidade brotará da terra e a justiça dirigirá o olhar desde os céus” (’emet me’erets titsmâ wetedeq mishamayim nishqaf). Na verdade, o que brota literalmente da terra é o fruto do plantio que alimenta o povo e o que baixa do céu é a chuva que rega a plantação – “dirigir o olhar” é um modo de o salmista se referir ao retorno da chuva, como se antes ela tivesse “desviado seu olhar” da terra dos pecadores. Entretanto, o salmista associa o desfrute dessas bênçãos ao retorno da comunhão pelo perdão dos pecados. Feita essa conexão de ideias, o escritor diz às claras qual será o resultado agrário, mostrando, por meio da palavra “também” (gam), a íntima ligação que há entre o perdão e o retorno da provisão divina (v.12): “Também o Senhor dará o que é bom, de modo que a nossa terra dará sua colheita” (gam-yhwh yitten hattôv we’artsenû titten yevûlah). Esse não seria o único benefício a ser desfrutado pelos arrependidos. O Senhor restabeleceria sua caminhada junto com o povo como um desbravador que abre um caminho seguro, do mesmo modo que fez no deserto ao guiar a multidão até Canaã (v.13): “A justiça irá à sua frente e suas pegadas abrirão caminho” (tsedeq lefanayw yehallek weyasem lederek pe‘amayw). Essa afirmação pode, também, significar que Deus traria de volta os israelitas cativos – e daria um sentido mais amplo ao v.1. O fato é que o perdão de pecados, mediante o verdadeiro arrependimento, traria aos contritos o desfrute das bênçãos que eles tanto ansiavam.

A vida presente, em quase todos os sentidos, é bem diferente da dos dias desse salmista e da aflição aqui refletida. Entretanto, o Senhor é o mesmo e o pecado produz a mesma repugnância no Deus santo. Eis a razão pela qual a igreja, muitas vezes, deixa de desfrutar plenamente de bênçãos como paz, alegria, esperança, segurança, consolo, direcionamento e coragem. O desinteresse pela Palavra de Deus, o desenvolvimento de uma religião de egoísmo e entretenimento, o afrouxamento dos padrões morais e o namoro com o mundo perdido têm tirado muitos crentes do caminho seguro aberto por Deus e os lançado nos perigosos pântanos do pecado. Deus, obviamente, não permanece inerte diante do desvio, mas “corrige a quem ama e açoita a todo filho a quem recebe” (Hb 12.6). Em lugar disso, os crentes deveriam experimentar em todas as suas dimensões o que significa “eu vim para que tenham vida e a tenham em abundância” (Jo 10.10). Já decidiu o que é melhor?

Pr. Thomas Tronco

Category:  Reflexões diárias

permalink | post new | clone this | rss feed | blog top »
Text feature this blog entry

     PAST BLOG ENTRIES     

Salmo 84 - O Anseio pela Felicidade
SATURDAY, JULY 23, 2016
Posted by: Igreja Batista Redenção | more..
Um dos grandes desgostos conhecidos dos homens é o exílio. Apesar das belezas da geografia e da cultura ao redor do globo, motivo pelo qual é um privilégio poder viajar pelo mundo, há uma conexão...
[ abbreviated | read entire ]
permalink | post new | clone this | rss feed | blog top »


Salmo 83 - Quando o Sucesso Parece Improvável
THURSDAY, JULY 21, 2016
Posted by: Igreja Batista Redenção | more..
O Salmo 83 foi escrito diante de uma liga de nações que se levantou contra os israelitas para dar fim a eles. Os povos alistados no salmo faz crer que se trata de uma organização orquestrada de maneira que algumas...
[ abbreviated | read entire ]
permalink | post new | clone this | rss feed | blog top »


Salmo 82 - A Indignação do Justo Contra o Mal
WEDNESDAY, JULY 20, 2016
Posted by: Igreja Batista Redenção | more..
Se não é possível encontrar consolo nos jornais e nos noticiários atuais, a Bíblia fornece consolo e orientação para quando estamos diante da injustiça. O Salmo 82 foi escrito em um tempo em...
[ abbreviated | read entire ]
permalink | post new | clone this | rss feed | blog top »


Salmo 81 - A Falsa Gratidão a Deus
TUESDAY, JULY 19, 2016
Posted by: Igreja Batista Redenção | more..
O contexto do Salmo 81 parece ser uma das festas da Lua Nova – realizadas pelos israelitas no início de cada mês (Nm 10.10; 28.11). Contudo, o chamado ao toque de trombeta nessa Lua Nova em questão (v.3) parece associar o...
[ abbreviated | read entire ]
permalink | post new | clone this | rss feed | blog top »


Salmo 80 - Quando Deus Faz o que Disse que Faria
MONDAY, JULY 18, 2016
Posted by: Igreja Batista Redenção | more..
Assim que me formei, mudei-me para uma cidade no sertão mineiro com a intenção de lá pregar o evangelho. Nos dez anos em que lá morei, passei a conhecer as agruras da seca, já que se trata de uma terra...
[ abbreviated | read entire ]
permalink | post new | clone this | rss feed | blog top »


Salmo 79 - Providências Necessárias Depois do Choro
SUNDAY, JULY 17, 2016
Posted by: Igreja Batista Redenção | more..
Uma disciplina que, quando recordada, produz espanto foi a punição de Judá pelo exército babilônico de Nabucodonosor (587 a.C.). Se o Salmo 78 foi uma tentativa de, por meio das lições do passado,...
[ abbreviated | read entire ]
permalink | post new | clone this | rss feed | blog top »


Salmo 78 - As Lições do Passado que Educam no Presente
SATURDAY, JULY 16, 2016
Posted by: Igreja Batista Redenção | more..
O salmista aponta aqui seis fontes de aprendizado para que o povo de Deus aja com sabedoria e honre ao seu Senhor. A primeira fonte de aprendizado são as instruções de Deus. O salmista, falando das ações divinas...
[ abbreviated | read entire ]
permalink | post new | clone this | rss feed | blog top »


Salmo 77 - A Questão do ‘Ponto de Vista’
THURSDAY, JULY 14, 2016
Posted by: Igreja Batista Redenção | more..
O Salmo 77 apresenta dois pontos de vista sobre uma situação, ambos vindo da mesma pessoa, o salmista Asafe. Trata-se de uma ocasião difícil para o escritor. Ele atravessa um momento que o faz clamar (v.1):...
[ abbreviated | read entire ]
permalink | post new | clone this | rss feed | blog top »


Salmo 76 - A Admiração Diante da Vitória
WEDNESDAY, JULY 13, 2016
Posted by: Igreja Batista Redenção | more..
Um dos heróis que tive na minha adolescência foi Ayrton Senna, piloto de Fórmula 1. É certo que há um ou outro piloto, na história do automobilismo, que obteve melhores marcas e até mais...
[ abbreviated | read entire ]
permalink | post new | clone this | rss feed | blog top »


Salmo 75 - A Esperança do Justo Juízo de Deus
TUESDAY, JULY 12, 2016
Posted by: Igreja Batista Redenção | more..
Em certa aula da faculdade, um professor quis se vangloriar, diante da classe, de certo trabalho que havia feito. Como isso foi dito em um claro tom de arrogância e até de desrespeito pela classe, o professor foi vaiado por...
[ abbreviated | read entire ]
permalink | post new | clone this | rss feed | blog top »

· Page 1 ·  Found: 749 entries · Jump:  [1] 2 3 4 5 6 7 8 9 10 more



Bill Parker
That Which is Right

That Which is Right
Sunday Service
Eager Avenue Grace Church
Play! | MP4 | RSS


Rev. Herman Hoeksema
Christ The Way

Hope Protestant Reformed
Sunday - AM
Transcript!Play! | MP3

Shawn Reynolds
Is He Enough?

Grace Particular Baptist
Sunday Service
Transcript!Play! | MP3

Event: Jul 27-28, 2016
Corectly Crossing The Textual Divide

38th Annuel Dean Burgon Conference
Conference
  LIVE Webcast Event!  

Sponsor:
What Atheists Say Before Entering Hell

Free MP3s: Horr­ify­ing & Terr­ify­ing Death Bed Scenes Of Ath­eists, Apost­ates & Skept­ics
www.puritandownloads.com/bl..

Sermon:
Stephen's Finest Hour
Dr. Peter Masters

SPONSOR | 4,200+

SPONSOR




                   
Everyone who is a man of God has omnipotence as his guardian. ... C. H. Spurgeon

Gospel of John
Cities | Local | Personal


MOBILE
iPhone + iPad
Church App
Android New!
Church App
Kindle + Nook
Chromecast TV
Apple TV New!
ROKU TV
Amazon Fire TV
Apple Watch
Android Wear
Kindle Reader


HELP
Knowledgebase
Broadcasters
Listeners
Q&A
Uploading Sermons
Uploading Videos
Webcasting
Tips & Tricks
YouTube Screencasts

FOLLOW
Weekly Newsletter
Staff Picks Feed
Site Notices
RSS | Twitter | Facebook
SERVICES | ALL
Local Church Finder | Info
MP3 Play & Download
Mobile Apps
Podcasting
Video Support
Live Webcasting
Transcription
PowerClips
Business Cards
SOLO | MINI | Domain
Favorites | QR Codes
Online Donations
24x7 Radio Stream
INTEGRATION
Sermon Browser
HTML Codes
WordPress
Twitter
Facebook
Logos | e-Sword | BW
JSON API New!

BATCH
Transfer Agent
Protected Podcasts
Upload via Email
Auto-Upload Sermons
Auto-Blog Import
Picasa | FTP | Dropbox
ABOUT US
The largest and most trusted library of audio sermons from conservative churches and ministries worldwide.

Our Services | Articles of Faith
Broadcast With Us
Advertising | Local Ads
CONTACT
info@sermonaudio.com
Support Us | Feedback Fridays New!